1995: Novas Experiências | U2 Brasil
24 de dezembro de 2015 · Especial U2 40 Anos
1995: Novas Experiências
Postado por Aleh

O ano de 1994 foi o período após a loucura dos anos anteriores. Depois de lançar o álbum que muitos consideram como o melhor da banda, e fazer uma das mais bem sucedidas turnês de todos os tempos, U2 praticamente tirou um período sabático. Os integrantes da banda irlandesa tiraram férias, e Larry fez uma cirurgia nas costas, o que o impediu de comparecer ás primeiras sessões de trabalho que seriam voltadas para o novo álbum. Em maio de 1995, efetivamente o U2 volta aos estúdios para trabalhar no novo álbum juntamente com Brian Eno. A banda começa a se focar em um estilo ainda mais experimental.

Simultaneamente, U2 começa a se fixar em variados projetos, especialmente em algumas trilhas sonoras, e finalizar o videoclipe musical de “Hold Me, Thrill Me, Kiss Me, Kill Me” para o filme de Batman. Nesse período também, Pavarotti pede a Bono que faça uma música para ele, a fim de lança-la no concerto beneficente a ser tomado parte no mês de Setembro.

Enquanto trabalham no próximo álbum, Achtung Baby vai se consolidando como um dos grandes trabalhos da banda, ganhando inúmeros prêmios, além do certificado de multiplatinum.

Apesar de começarem a trabalhar no que viria a ser o “Pop”, U2 tem a necessidade de voltar os olhos a um projeto inovador e bastante experimental. Durante as sessões de trabalho, algumas músicas não cabiam no novo tema para o próximo trabalho da banda, mas eles sentiram que elas deveriam ser lançadas de algum modo. Era um projeto arriscado que foi trabalhado durante parte do ano de 1995 para, enfim, ser lançado em Novembro. O trabalho em questão, praticamente nem é citado quando se fala na discografia original da banda, e é esquecido até mesmo por muitos fãs do U2. Estamos falando o Original Soundtracks I – Passengers. O álbum é um mix de músicas instrumentais e músicas com vocais, além da participação de outras pessoas que não os quatro integrantes da banda irlandesa. Um trabalho completamente diferente do que a banda tinha entregue até o momento, o que deixou a crítica confusa. Afinal, o que era aquele álbum? A crítica, em sua maioria, não reagiu muito bem àquele inovador projeto da banda.

Em novembro é lançada Miss Sarajevo, cujo sucesso foi alcançado rapidamente, e cujos lucros foram para a organização War Child. No mês de dezembro, Bono dá mais um passo em relação à cidade de Sarajevo, e vai pessoalmente conhecer o local tão assolado pela guerra. A visita gera um enorme frenesi da mídia, e o vocalista usa a oportunidade para divulgar os dois lados de uma sociedade que enfreta a situação, dividindo-se entre viver a vida o mais normalmente possível, e mudar a realidade do modo que puderem.

1995 foi um ano de autoconhecimento e novas experiências para banda, além da consolidação do sucesso do Achtung Baby e da ZooTV. No, entanto, no ano seguinte era chegada a hora de sonhar tudo novamente.


Compartilhar notícia