As melhores parcerias que o U2 já fez | U2 Brasil
25 de março de 2019 · Listas
As melhores parcerias que o U2 já fez
VictorRuyzPostado por VictorRuyz

O U2 não é uma banda que costuma fazer muitas parcerias com outras bandas em seus álbuns, mas ao longo da carreira encontros fantásticos aconteceram e selecionamos os 10 mais marcantes – além de 3 menções honrosas. Veja!

10 – Green Day, “The Saints Are Coming”

25-09-2006: Louisiana Superdome – Nova Orleans, EUA

A parceria teve propósitos de arrecadação para ajudar vítimas do furacão Katrina, que devastara a cidade de New Orleans um ano antes. O estádio foi interditado em setembro de 2005 e reaberto um ano depois, tendo o show do U2 com o Green Day ocorrido antes da partida entre os Saints e Atlanta Falcons – o Superdome é a casa do time New Orleans Saints.

09 – Pearl Jam/Eddie Vedder, “Rockin’ In The Free World”/”Mothers Of Disappeared”

14-05-2017: CenturyLink Field – Seattle, EUA

Em dezembro de 2006, em Honolulu, no Hawaii, U2 teve aos palcos a presença de Green Day para tocarem “The Saints Are Coming” e logo depois os membros do Pearl Jam apareceram para contribuir em “Rockin’ in the Free World”.

08 – Paul Simon, “Mother And Child Reunion”

30-07-2015: Madison Square Garden – Nova York, EUA

“A cena de Paul Simon entregando o microfone para Bono, que se curva em sinal de respeito e admiração, e ao fundo o dedilhado mágico de The Edge, teve, de tão belo, um toque místico.”

Uma das melhores performances da turnê iNNOCENCE + eXPERIENCE, leg 1. Clique aqui para conferir a lista completa.

07 – Eagles Of Death Metal, “People Have The Power”

07-12-2015: AccorHotels Arena – Paris, França

“E a resposta do U2 ao terror é o amor, a fraternidade, e a união.”

Em um ato simbólico, a banda convidou os Eagles Of Death Metal para encerrar o último show da turnê.

Não bastasse a magnitude desse ato, repetiram um gesto do The Police para com eles durante a The Conspiracy of Hope Tour – em que a banda consagrada permitiu que os jovens irlandeses usassem seus instrumentos para encerrar o show da noite -, e deixariam ainda a banda convidada tocar uma música sozinhos.

Uma das melhores performances da turnê iNNOCENCE + eXPERIENCE, leg 2. Clique aqui para conferir a lista completa.

06 – Black Eyed Peas, “Mysterious Ways”, “Where Is The Love?”/”One” (trecho)

30-10-2009: Madison Square Garden – Nova York, EUA

Em 30 de outubro de 2009, o U2 fez uma apresentação no 25º aniversário do Rock and Roll Hall of Fame.

Um show à parte de The Edge e Bono – os versos de “One” foram formidáveis.

05 – Bruce Springsteen, “Stand By Me”/”I Still Haven’t Found What I’m Looking For”

25-09-1987: John F Kennedy Stadium – Filadélfia, EUA

The Boss.

Em 2005, o U2 foi introduzido à calçada da fama do rock e contaram com uma participação especial que se repetiria em outras datas.

04– Johnny Cash, “The Wanderer”

No Livro U2 by U2, Bono deu a seguinte declaração sobre “The Wanderer”: “Eu escrevi essa letra baseado no livro de Eclesiastes do Velho Testamento, o qual em alguma tradução é chamado de ‘O Pregador’. É a história de um intelectual com sede por viagens. O pregador quer encontrar o sentido da vida e para isso ele tenta um pouco de tudo. Ele tenta viajar, tem todas as visões, mas não é nada disso. Ele tenta vinho, mulheres e música, mas não é isso. Tudo, ele diz, é orgulho, orgulho de bobagens, se esforçando atrás do vento.”

Veja a interpretação da música aqui.

03 – B. B. King, “When Love Comes To Town”

Canção aclamada do álbum “Rattle and Hum”.

Depois que a banda e King começaram a construir “When Love Comes To Town”, o gracioso B. B. King disse para Bono que ele era “um jovem poderoso para conseguir escrever letras tão intensas”. Em entrevista recente, o vocalista relembrou que durante as sessões de estúdio a banda tentara mostrar para King algumas mudanças que haviam feito na música, ao que o guitarrista respondera: “cavalheiros, eu não faço acordes. Faço isso referindo-se a seu estilo de solar“. Bono concluiu dizendo: “Há uma lição naquilo. Ele é, como Keith Richards descreve, um perito.”

02 – Luciano Pavarotti, “Miss Sarajevo”

“Dici che il fiume
Trova la via al mare
E come il fiume
Giungerai a me
Oltre i confini
E le terre assetate
Dici che come il fiume
Come il fiume…
L’amore giungerà
L’amore…
E non so più pregare
E nell’amore non so più sperare
E quell’amore non so più aspettare”

[“Você diz que o rio
Encontra seu caminho para o mar
E assim como o rio
Você virá para mim
Além das fronteiras
E dos desertos
Você diz que, como o rio
Semelhante ao rio
O amor virá
Amor
E eu não consigo mais rezar de forma alguma
E eu não consigo mais acreditar no amor de forma alguma
E eu não consigo mais esperar pelo amor de forma alguma”]

01 – Mick Jagger, “Stuck In A Moment You Can’t Get Out Of”

30-10-2009: Madison Square Garden – Nova York, EUA

Outro momento memorável durante a apresentação dos irlandeses no 25º aniversário do Rock and Roll Hall of Fame aconteceu ao lado do vocalista do The Rolling Stones.

Encontro épico.

Menções honrosas:
I – Axl Rose – Viena, 1992, “Knockin’ On Heavens Door”
II – Patti Smith – Londres, 2015, “People Have The Power”
III – Lady Gaga – Nova York, 2015, “Ordinary Love”

E para você, qual seria o seu top 10?


Compartilhar notícia

  • 242
  • 4
avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
1 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
A. SanchesMatheus Queiroz Recent comment authors
  Inscrever-se  
mais novos mais antigos mais votados
Notificar-me de
Matheus Queiroz
Visitante
Matheus Queiroz

BB King ou Pavarotti em primeiro tudo bem, agora a parceria com Mick Jagger não chega nem perto dos dois citados. BB King e Pavarotti são os reis, os maiores dos seus gêneros musicais, não da nem pra comparar.

A. Sanches
Visitante
A. Sanches

Esqueceu desta: Robbie Robertson & U2- Sweet Fire Of Love