Bono fala sobre "Songs of Experience" à Bill Flanagan | U2 Brasil
27 de outubro de 2017 · Songs of Experience
Bono fala sobre “Songs of Experience” à Bill Flanagan
Postado por Rubens

Bono foi entrevistado por Bill Flanagan para o programa “Written In My Soul”, transmitido na rádio SiriusXM, no mês passado, enquanto a banda estava em Nova York. A entrevista foi ao ar um dia antes do primeiro show do U2 no Brasil, no dia 18 de outubro, e a conversa girou em torno do novo álbum, “Songs of Experience”, no qual Flangan ouviu previamente e o classificou como “melhor do que o ‘Achtung Baby’”. O site U2songs separou os destaques da entrevista, assim como Bono foi descrevendo faixa por faixa:

  • Na versão deluxe do novo álbum irá ter uma faixa extra, “The Book of Your Heart”, que Bono diz ser sobre parceiros de relação ajudando um ao outro em momentos difíceis. “Bons relacionamentos precisam de uma administração. E num bom relacionamento, esta administração é compartilhada”, é assim que Bono descreve sua vida, no qual ele revela que Ali o guiou muito bem durante seus momentos difíceis;
  • Landlady” é uma música sobre sua esposa, Ali, que o ajudou quando a banda estava ainda no início. “Landlady é a pessoa que te põe para cima e te ajuda”, diz Bono;
  • Summer of Love” é uma canção sexy, mas com um toque ‘dark’, e a música fala sobre Aleppo, na Síria. Começa com uma conversa de um casal privilegiado que fala sobre se mudar para a Califórnia para tocar a vida, mas a música tem uma reviravolta e a história vai para os refugiados se afogando nas travessias perigosas, em busca de uma vida melhor. Bono acrescenta que “você vê uma luz na música, mas pode se perder na escuridão que ela tem. É uma música sexy muito boa”. O cantor irlandês fala sobre sua vista para o mediterrâneo de sua casa na França, e percebe que ali tem a mesma água em que os refugiados estão se afogando, colocando suas vidas em risco. Parte da letra: “I’ve been thinking of the west coast, but not the one everyone knows” / “Eu estava pensando na costa oeste, mas não aquela que todos conhecem” (uma referência à Síria);
  • Há um “padre lunático” que está se “reinventando” no final da música “Get Out of Your Own Way”, já entrando em “American Soul”. Parte da letra: “Blessed are the superstars, in their luminescence we discover our own inadequacy. Blessed are the filthy rich, for you can only truly own what you give away, like your pain. Blessed are the arrogant, for theirs is the kingdom of their own company. Blessed are the bullies, for one day they will have to stand up to themselves. “American Soul.” Blessed are the liars. Because the truth can be awkward.” [Abençoados são os superstares, em suas luzes nós descobrimos suas faltas de qualidade. Abençoados são os ricos imundos, pois só podem possuir as coisas que você dá, como sua dor. Abençoados são os arrogantes, pois a eles são os reis de suas próprias companhias. Abençoados são os valentões, pois um dia eles terão que se defender. “Alma americana”. Abençoados são os mentirosos. Porque a verdade pode ser estranha];
  • Love is Bigger Than Anything In Its Way” é a primeira vez em que Bono cantou sobre sua casa em Killney, na Irlanda. Parte da letra: “If the moonlight caught you crying in Killiney bay, sing your song, let your song be song. If you listen you will hear the silence, when you think you’re done you’ve just begun.” [Se o luar te pegar chorando na Baía de Killney, cante sua música, deixe sua música ser uma música. Se você escutar você irá notar o silêncio, quando você pensar que você acabou, na verdade é porque você começou]. Bono fez esta música como uma letra para seus filhos, sobre o que ele poderia dizer a eles se esta fosse a última vez com eles. “The door is open for you to go through. If I could I would come too. But the path is made by you as you’re walking. Start singing stop talking. If I can only listen to what I say. Love is bigger than anything in its way. So young to be the words of your own song. I know the rage in you is strong. So write a world where we can belong to each other, and sing it like no other. I could listen to what I say. Love is bigger than anything in its way” [A porta está aberta para você sair por aí. Se eu pudesse, eu iria também. Mas o caminho é traçado por você, enquanto você anda. Comece a cantar, pare de falar. Se eu pudesse somente ouvir o que eu falo. O amor é maior do que qualquer coisa no caminho. Tão jovem para ser as palavras de sua música. Eu sei que a raiva em você é forte. Então escreva um mundo aonde nós podemos ser um do outro e cante como ninguém. Eu posso escutar o que eu digo. O amor é maior do que qualquer coisa no caminho];
  • Na letra de “The Showman” há uma parte: “You look so good a little more better you look so good that’s whats going to get you” [Você parece muito bem, um pouco melhor, você parece muito bem e isso que vai te pegar]. É uma carta ao público para serem cautelosos em relação as performances. Parte da letra: “I lie for a living, i love to let on, but you make it true, when you sing along” [Eu minto para viver, eu amo dizer isso, mas você torna verdadeiro quando canta junto]. Em outra parte, a letra diz: “Babies cry because they are born to sing. Singers cry about everything. Still in the playground falling off a swing. But you know by now. Walk through the room like a birthday cake. When I’m all lit up You can’t make a mistake. There’s a level of shallow you just can’t fake. You know that I know. You don’t care. You know I’m there” [Bebês choram porque eles nascem para cantar. Cantores choram com tudo. Até num parque caindo de um balanço. Mas você sabe até agora. Ande pelo quarto como um bolo de aniversário. Quando eu estou iluminado você não pode cometer um erro. Tem um nível mínimo em que você não pode fingir. Você sabe que eu sei. Você não liga. Você sabe que estou ali];
  • “The Showman” levará a “The Little Things that Give You Away” no álbum. É uma conversa aonde a inocência desafia a pessoa que você se tornou;
  • Bono gosta do salmo aonde David discute com Deus, e “The Lights of Home” é Bono discutindo com Deus. Parte da letra: “I saw a statue of a gold guitar” [Eu vi uma estátua de uma guitarra dourada].

“Songs of Experience” tem previsão de lançamento para o dia 1 de dezembro de 2017. Espera-se um anúncio oficial com todos os detalhes nos próximos dias.


Compartilhar notícia