Bono solicita à Coreia do Sul compra de EPIs e suprimentos médicos
Bono solicita à Coreia do Sul compra de EPIs e suprimentos médicos
12 de abril de 2020
Bono solicita à Coreia do Sul compra de EPIs e suprimentos médicos
Em carta ao presidente sul-coreano, o vocalista revelou a intenção de comprar EPIs, equipamentos médicos e kits de diagnóstico para a Irlanda.
Rômulo
Editor-chefe do U2 Brasil

Bono escreveu uma carta para o presidente sul-coreano Moon Jae-in pedindo ajuda para combater o surto de COVID-19 na Irlanda.

O vocalista solicitou o fornecimento de equipamentos médicos para a Irlanda e expressou sua intenção de comprá-los:

"Se você possui equipamentos de proteção individual ou outros equipamentos médicos ou kits de diagnóstico produzidos ou em estoque na Coreia, eu gostaria de comprá-los pessoalmente e doá-los para a Irlanda."

Ele parabenizou o papel do presidente na luta contra a pandemia:

"Aprecio profundamente o presidente e o papel de liderança da Coreia na resposta à crise do COVID-19. O mundo está agradecido e impressionado pela liderança que salva vidas da Coreia nesse momento".

E adicionou:

"Na Irlanda, o número de pacientes confirmados pelo COVID-19 está aumentando incontrolavelmente. Por isso, gostaria de pedir educadamente que você transmita as ideias, conhecimentos e, acima de tudo, os equipamentos disponíveis que a Coreia tem."

"No entanto, considerando a experiência e a liderança da Coreia em situações de crise, seguirei os conselhos do presidente sobre como fazer o melhor".

Em dezembro passado, Bono e Moon se encontraram após a primeira apresentação do U2 no país para 45 mil fãs no Gocheok Sky Dome.

Foto: Kim Jung-hyo

"Sou um grande fã do presidente mais do que nunca", disse ele ao concluir a carta.

O vocalista ainda escreveu no "pós-escrito":

"O presidente é a única pessoa que conheci nos últimos 20 anos que pode iniciar uma conversa com uma referência às letras de uma música, não simplesmente à tarefa em que estou trabalhando".

Em resposta à carta de Bono, o Presidente Moon explicou:

"Nossa reunião em dezembro foi um momento muito agradável, e fiquei impressionado com o coração caloroso de seus esforços para lutar contra a pobreza e doenças internacionais. Nosso governo está respondendo ativamente ao COVID-19 a partir de suas capacidades de quarentena de alta qualidade e alta conscientização cívica".

O presidente concluiu então:

"Tomaremos medidas para discutir a compra solicitada de equipamentos médicos com nossas autoridades. Esperamos que você continue a desempenhar um grande papel como mensageiro da paz em todo o mundo".

A Coreia do Sul foi um dos primeiros países atingidos pelo vírus fora da China. Durante algum tempo, o país teve o segundo maior surto do mundo antes de ser amplamente controlado através de um programa de testes em massa.

A Coreia registra 10.512 casos confirmados com 214 mortes, enquanto a Irlanda tem 320 mortes de 8.928 casos confirmados.

No início deste mês, o U2 anunciou que estava contribuindo com €10 milhões para o fornecimento e compra de EPIs.

*Colaborou com a tradução da carta: Joo Yeon Lee

Via RTÉ

Notícias relacionadas
SIGA O U2BR NAS REDES SOCIAIS
SIGA O U2BR NAS REDES SOCIAIS
parceiros
apoio
ouça a rádio oficial
CONTRIBUA COM O NOSSO PROJETO. CLIQUE AQUI PARA SABER COMO.
© 2006-2020 U2 Brasil PROJETO GRÁFICO: NACIONE™ BRANDING Special thanks to Kurt Iswarienko and iinchicore (Photography)