The Edge recebe o prêmio Les Paul no Festival de Bonnaroo | U2 Brasil
11 de junho de 2017 · Notícias · The Edge
The Edge recebe o prêmio Les Paul no Festival de Bonnaroo
Postado por Vetri
edgepaul3

Na sexta à noite, em Bonnaroo, o U2 estava se preparando para ser saudado por um mar de fãs eufóricos, durante seu show  no festival de música do Tennessee. Mas, primeiro, o seu inconfundível guitarrista – David “The Edge” Evans – foi celebrado por uma audiência muito menor em Bonnaroo, para uma ocasião muito especial.

Na barraca privada nos terrenos de Bonnaroo, The Edge recebeu o segundo prêmio Les Paul Spirit Award da Fundação Les Paul, o qual reconhece seu status como um artista inovador, cujo abraço da tecnologia (como o seu efeito delay, como assinatura) o levou a novas alturas criativas.

O prêmio, é claro, é nomeado para o lendário guitarrista Les Paul, um pioneiro musical e tecnológico em várias frentes.

Depois de aceitar o prêmio, The Edge disse ao público que “não hesitou por uma fração de segundo” quando foi oferecido este prêmio a ele.

“Porque Les Paul, como você acabou de ouvir, é sem dúvida, um homem segundo meu próprio coração. Um inovador. Um inventor incrível. Original. Eu estava apenas pesquisando um pouco de sua música antiga, e eu encontrei essa faixa,”Josephine”, uma de suas músicas mais bem-sucedidas, e literalmente ela poderia ter saído do estúdio do U2. É o Les tocando com eco, e a única diferença é que ele inventou o eco de fita slapback que ele estava usando. Então, tenho uma grande dívida de gratidão, não apenas pelas contribuições que ele fez para a música, mas em termos de sua contribuição para a tecnologia. Você sabe, eu uso as guitarras que Les iniciou e projetou. Eu uso efeitos que ele inventou. A gravação multipista provavelmente não existiria se não fosse por Les. Então eu só quero honrá-lo esta noite com minha presença, e com estas palavras, para agradecer muito a Les Paul, e a Fundação por continuar esse trabalho.” – disse Edge.

Paul foi um pioneiro em gravação multitrack e técnicas de eco –  como as que foram usadas para criar os efeitos em “Where the Streets Have No Name” – O prêmio foi apresentado no que seria o 102º aniversário de Paul. Junto com o prêmio, uma doação da Fundação Les Paul e do Bonnaroo Works Fund será feita em nome de Edge para uma instituição de caridade de sua escolha.

Fonte: Tennessean.com


Compartilhar notícia