Especial Pré-Tour: Hoje tem!!! | U2 Brasil
14 de Maio de 2015 · Especial Pré-Tour
Especial Pré-Tour: Hoje tem!!!
VickyPostado por Vicky

Finalmente a espera acaba em poucas horas, após anos, especulações, quedas de  bicicletas, alguns pedaços de metal, o U2 sobe aos palcos na noite de hoje na Rogers Arena, na cidade canadense de Vancouver, para dar início a “iNNOCENCE and eXPERIENCE Tour”.

Todos os fãs estão ansiosos, já houve ensaios técnicos da banda, o teaser com alguns detalhes sobre o palco já foi divulgado, mas mesmo assim são apenas pequenos “drops” do que vai acontecer. Nós do U2BR resolvemos limpar nossas bolas de cristais e traçar nossas previsões do que esperar não apenas para agora, mas para os próximos meses.

Ainda quando estavam na estrada com a 360, em algumas entrevistas Bono manifestou seu desejo em fazer shows menores com a banda, mais intimistas; talvez essa turnê seja o mais próximo do que U2 consiga de ser uma “banda pequena” novamente. “Songs of Innocence” é o trabalho mais pessoal deles em muito tempo, com todas as letras, sonoridades e trabalho remetendo ao DNA do que os fizeram chegar até onde estão agora.  Para tentar estar olho no olho com público, a banda optou por se apresentar em arenas, espaços menores, fechados, acolhedores. A Rogers Arena tem capacidade para menos de 19.000 pessoas, ou seja, um quarto do público de alguns dos shows da turnê anterior. A probabilidade de sets acústicos, com os integrantes bem próximo ao público nos palcos  auxiliares também reflete isso.

O palco:

O logo da turnê já denunciava para nós como se configuraria o palco, ao exemplo do que a banda já havia feito em edições anteriores. O I de  iNNOCENCE interligado por um corredor ao E de eXPERIENCE. Mas como ele irá funcionar ao vivo e com tudo pronto?

Bem, a banda iniciará a sua jornada na inocência, ou seja no palco I, e em certo momento passará para experiência o E. Isso deve acontecer durante um intervalo, um interlude, e esse parece ser o momento no qual seremos apresentados para alguma grande novidade preparada por eles. Talvez o corredor vire uma grande cortina de LEDs por onde detalhes da jornada da banda sejam mostrados, ou algum trabalho visual especifico como os vídeos do Bispo Tutu na última digressão. Temos visto constantemente nas matérias de divulgação da banda – inclusive no tourbook que está sendo vendido na porta da Rogers Arena – a imagem de uma lâmpada. Talvez ela seja importante neste processo, não sabemos.

A configuração do palco favorece aqueles que gostam de estar sempre na “cara do gol”. Mais uma vez eles se preocuparam em proporcionar a maior visão e por maior tempo para todo o público independente de qual ponto estiverem assistindo o show.

Apesar de lindo, e interessante, temos um porém em relação ao palco: como – e se ele será configurado – para estádios. Na Vertigo Tour a banda começou em arenas e migrou para estádios e todo o conceito foi adaptado. Na turnê anterior isso não aconteceu, e acabamos ficando sem a Elevation Tour em grandes espaços, incluindo a América do Sul, que não tem outro perfil de recebimento de shows a não ser em estádios. Mas não vamos nos apavorar, ainda estamos a horas do primeiro show e muita coisa ainda vai acontecer.

Setlist:

O setlist muda o tempo todo, todo dia e a cada vez que o Bono resolve colocar um snippet, uma homenagem ou algo do gênero. Nos primeiros ensaios técnicos “The Miracle (of Joey Ramone)” abriu o show, “Still Haven’t Found” fechou. “Iris”, “Cedarwood Road”, “Song for Someone”, “Raised By Wolves”, “Every Breaking Wave” (em versão acústica) e “The Troubles” seriam as que fariam o debut, juntamente com “Invisible”. Clássicos como “One” ficaram de fora, enquanto “Sunday Bloody Sunday” apareceria repaginada em versão também desplugada.

O set completo do ensaio geral você confere AQUI.

Figurino:

Temos preto, preto e preto (exceto pelo Adam que brilha sempre)… Como sempre, rs. Mas depois da jaquetas de LED, ternos espelhados, a gente nunca sabe o que esperar.

Banda de abertura e atrações especiais:

Para a felicidade de muitos a Live Nation anunciou que não teremos banda de abertura, pelo menos nos shows iniciais, o que agradou a muitos.

Sobre participações especiais, durante a última turnê um artista local sempre era convidado a subir ao palco, se isso irá continuar, acreditamos ser difícil. Afinal lembrem-se que desta vez teremos o “U2 menor” querendo ser apenas uma banda e o seu público, então pode ser que isso não aconteça.

No demais, não vamos arriscar mais nada. Se ainda teremos fãs subindo ao palco, se Larry ainda se levantará da bateria, qual será o novo pedal de The Edge, Adam tem ou não um baixo novo… Não vamos arriscar mais nada, apenas o nosso conselho no momento é: tentem segurar a ansiedade preparem o coração e sigam com a gente para a melhor cobertura dessa nova viagem.


Compartilhar notícia

  •  
  •  
  •  

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificar-me de