Especial Songs Of: A experiência
Especial Songs Of: A experiência
28 de novembro de 2017
Especial Songs Of: A experiência
avatar.php?gravatar_id=a25da2fff161d000a200eae9575e515e&default=
Vicky
Editora do U2 Brasil

Em todas as entrevistas de “pré-divulgação” do álbum, Songs of Experience tem sido descrito como tido uma forte influência do estado de Bono nos últimos tempos, de acordo com o que foi dito e não dito, um problema de saúde acometeu o vocalista, que o fez perceber de maneira profunda a sua própria mortalidade. Rumores e especulações sobre o que teria acontecido não deixaram de surgir e povoar a cabeça de todos, mas sabemos que Bono encarou o final de perto realmente nestes últimos tempos, e não estamos sendo alarmistas sobre isso: o histórico vem desde a cirurgia que sofreu na coluna e fez com que a turnê 360 fosse pausada, passando pelos ataques terroristas em Paris e Nice em momentos nos quais a banda estava presente e claro com o acidente de bicicleta acontecido no Central Park que o fez passar por cirurgias e ficar um bom tempo fora de circulação. Em uma das entrevistas Bono cita também a morte de pessoas próximas como influências nas suas composições, pessoas próximas e geniais: David Bowie e Leonard Cohen, e talvez Bowie seja realmente um bom paralelo para entendermos as letras e o momento vivido por Bono e a banda.

1e17e890e811d66ac5e1c9a3ecf1a965-david-bowie-starman-hunky-dory.jpgEm 2003, Bowie lançou Reality que acabaria sendo o disco que culminaria na turnê que se tornou a última de sua carreira - ela foi interrompida depois que o cantor teve que se submeter a uma cirurgia de coração após ter passado mal durante um show na Alemanha - e um hiato de 10 anos sem o lançamento de uma única nova música. Gravado em Nova York – mais uma das cidades que encanta e influência o U2 – David então com 56 anos – Bono está com 57 – começa a encarar pela primeira vez nas suas músicas a sua finitude. Ele não era mais o homem das estrelas, um alienígena, um rockstar, ele percebia que estava na hora de na verdade prestar atenção que chegara o momento que ele passaria a ser um legado, e acima de tudo que na realidade  era antes de tudo humano apenas. A música título nos dá uma clara ideia disso:

 

Hey, now my sight is failing in this twilight

Hey agora a minha visão está falhando neste crepúsculo

Da da da da da da da da da

Now my death is more than just a sad song

Agora a minha morte é mais do que apenas uma música triste.

My Death também é uma música de Bowie dos seus tempos de Ziggy Stardust, mas nesse contexto talvez ele não cite a música em si apenas, mas encare isso como um fato próximo, a realidade que está presente em todas as letras do disco e assim parece que Bono e companhia irão soar em seu novo álbum. As músicas foram descritas como sendo cartas do vocalista aos seus entes e pessoas queridas. You Are The Best Thing About Me é sobre Ali, e o medo que Bono disse de tê-la perdido depois de um sonho ruim. Get Out Of Your Own Way é direcionada por Bono a suas filhas, enquanto There Is A Light é para seus filhos. Songs of Eperience parece soar como o começo do testamento do U2 para as futuras gerações, tanto de pessoas próximas, como de fãs, músicos e o mundo. Talvez eles comecem a enxergar o início do fim, não da banda, mas os próprios, é uma melancolia verdadeira. A banda viveu muitos momentos, não apenas Bono como dito acima. Edge é um avô. Larry perdeu seu pai. Adam é marido e pai. Nas audições realizadas alguns disseram que é a primeira vez que Bono é “tão humano” em muito tempo, e sendo humano, a empatia e absorção das emoções daqueles que estão com ele há tanto tempo não podem deixar de ser uma influência.

u2q2017-1024x525.png

Como Bowie deixou de ser Ziggy, talvez Bono tenha deixado finalmente de ser The Fly, desapegado um pouco do seu espírito messiânico e tenha apenas se tornado um homem no auge os seus 50 e poucos anos, sentado na janela de sua casa e pensando no que construiu e no mundo que o cerca, no que vai deixar e no que está por vir. Essa é a experiência, esse é o ponto, não baixo ou alto, mas a encruzilhada que o nosso frontman se encontra. Passado, presente e futuro.

Entre temores santos, senta e chora,

De lágrimas regando a terra inteira;

E a raiz da Humildade se elabora Debaixo de seus pés, em meio à poeira.

A essência humana – retirado de Canções da Experiência, William Blake

+ Perdeu os outros capítulos do especial? Clique aqui e confira!

Notícias relacionadas
SIGA O U2BR NAS REDES SOCIAIS


SIGA O U2BR NAS REDES SOCIAIS
parceiros
one.png anistia.png red.png nacione.png midiorama.png
apoio
universal.png
ouça a rádio oficial
radio.png
CONTRIBUA COM O NOSSO PROJETO. CLIQUE AQUI PARA SABER COMO.
© 2006-2021 U2 Brasil PROJETO GRÁFICO: NACIONE™ BRANDING Special thanks to Kurt Iswarienko and iinchicore (Photography)