In weiter Ferne, so nah! | U2 Brasil
17 de novembro de 2018 · eXPERIENCE + iNNOCENCE Tour
In weiter Ferne, so nah!
VickyPostado por Vicky

Dos anjos vestindo sobretudo de Wim Wenders, passando pelos cabarés que inspiraram Liza Minelli e os heróis por um ou mais dias de David Bowie, as linhas de Bauhaus, Marlene Dietrich, o expressionismo, Nosferatu… Berlim e a Alemanha vêm sendo um pólo de cultura e fascínio ao longo dos séculos, não perdendo este posto mesmo tendo enfrentado duas Guerras Mundiais e a divisão que durou mais de 25 anos.

Berlim foi fundada no século XIII, tendo sido a base para a fundação do Império Alemão em 1871. Após 1900 tornou-se o centro mundial de liderança em Ciências, Humanidades, Músicas e pelos seus museus – até os dias atuais a Ilha de Museus de Berlim é uma atração para turistas do mundo todo – Ensino Superior, Diplomacia e Finanças.

Image result for berlin 1920

Berlim, início de 1920. Portão de Brandenburgo.

A Berlim dos anos 20 poderia ser sintetizada como simplesmente a cidade dos sonhos para todos os amantes da cultura e da arte. Jornalistas, músicos, pintores… A cidade com população de quase 2 milhões de habitantes contava com mais de 40 teatros, 120 jornais, estúdios de cinema capazes de produzir clássicos como Metropolis. Mas, infelizmente, esse sonho dourado foi interrompido pela chegada da Primeira Guerra Mundial e com consequências que culminaram com a chegada de Hitler ao poder em 1933, a subsequente ascensão do Nazismo e a Segunda Guerra Mundial. Neste período, basicamente apenas a propaganda nazista sobrevivia como expressão cultural através de todos os meios possíveis, enquanto a cidade era destruída dia após dia. Berlim,  nos anos em que o conflito durou, foi mais bombardeada do que toda a Inglaterra durante o mesmo período.

Image result for berlin 1945

Berlim, abril 1945. Portão de Brandenburgo.

Com o final do conflito, os vitoriosos aliados dividiram Berlim em quatro setores, Oriente x Ocidente, União Soviética x Estados Unidos. Com a intenção de proibir a fuga de cidadãos de um lado para o outro da cidade, em 1961, o governo comunista construiu um muro com 150 km de extensão. A divisão do país durou até 1989, quando o muro que cercava a RDA (República Democrática Alemã) caiu e as suas fronteiras foram abertas e os cidadãos alemães puderam voltar a enxergar seu território como apenas um.Image result for berlin wall 1961

E foi justamente no momento que a  reunificação alemã começava a se desenhar que Berlim e o U2 se cruzaram oficialmente.

O U2 desembarcava em Berlim, trazendo seus próprios muros e paredes sobre si. A banda saía dos anos 80 com todos o ônus e bônus de em 10 anos terem simplesmente saídos de um bando de garotos que sonhava em ser algo como os novos Ramones ou em colocar o seu nome nos luminosos por aí ao status de verdadeiros salvadores do rock, da música e do mundo.

Nós precisamos sonhos novos… Na noite de ano novo de 1989, em Point Depot, Dublin, Bono declarou isso no microfone, deixando a todos se perguntando o que queria dizer com isso. A banda estava em um turbilhão de sonhos, pesadelos e emoções, e procurando o seu rumo, partiu como um dos seus ídolos rumo à Alemanha, tentando mais uma vez “encontrar o que estava procurando”.

Brian Eno e Bowie trabalhando no Hansa Studios durante a finalização de “Heroes”.

O ano era 1976 – sim, o mesmo ano no qual um certo anúncio, em uma certa escola, deu início a uma certa banda – David Bowie e Iggy Pop desembarcavam em Berlim; o homem que caiu na Terra e o idiota, os dois que haviam se conhecido 5 anos antes em Nova York chegavam a cidade procurando se encontrar e retomar caminho das suas vidas que pareciam não ter destino certo a seguir. Bowie com um fascínio pelo país com origens no glamour dos anos 20, seguia o som do seu interesse pelo pelo chamado Krautrock de bandas como Kraftwerk, Neu! e Tangerine Dream, embaixo do braço traziam gravações feitas meses antes na França para serem mixadas e finalizadas no Hansa Tonstudio ou o “Hansa ao lado do muro”, no coração da capital alemã, ao lado da Postdamer Platz. Construído em 1912, servira como salão de baile durante a República de Weimar, nos anos 20 e 30 e também como sala de concertos para a Alemanha Nazista. A família de editores Meisel comprou o prédio principal em 1973: Meistersall, que foi convertido no Hansa 2 com 266 metros quadrados de área e 7 de altura.

A vista do Muro de Berlim do Hansa Studio, nos anos 70

E justamente em uma encruzilhada semelhante os irlandeses chegaram nos escombros da queda do Muro. Depois de fracassadas iniciativas de criar um novo trabalho, o U2 também desembarcou em Berlim ao lado de Daniel Lanois, pupilo de Brian Eno  que ajudou no processo da ressurreição de Bowie, que se juntaria posteriormente a banda, assim como o colaborador de longa data Steve Lillywhite. A banda desembarcou na cidade exatamente em 03 de outubro de 1990, horas depois da oficialização do processo de unificação alemã que se iniciara um ano antes. Por quase 40 anos a capital alemã fora dividida em dois, uma nova era chegava àquele lugar, e o U2 procurava assim uma nova era para si.

U2 durante as sessões de gravação de Acthung Baby no Hansa Studios em Berlim.

A música também mudava com o surgimento de uma nova sonoridade vinda do mundo do rock, que deixava de viver em uma bolha e mais claramente flertava com a música eletrônica e novos experimentos que estavam chegando. O som do rock industrial de Nine Inch Nails que havia começado a sua carreira no final dos anos 80 influencia a mudança de ritmo, algumas mudanças no tempo das músicas com pitadas de hip-hop, The Edge fascinava-se por essa nova sonoridade, enquanto Larry buscava voltar as raízes de grandes nomes como Cream. Mas psicologicamente a banda não estava em um momento bom, então enquanto a sonoridade de Achtung Baby se mostra grandiosa, para fora, talvez as letras do álbum sejam as mais pessoais escritas pela banda, como se fossem algo definidamente mais profundos escondido por uma grande couraça musical. Edge encarava um divórcio, Bono encarava o medo de ser um popstar, Adam encarava problemas com drogas e álcool, Larry temia a sua própria relevância, além da própria banda. Barreiras foram construídas entre os quatro e dentro delas nasceram músicas como The Fly ou Acrobat, que expõem a alma e a fragilidade de ser um artista se colocando diante de todos, como ser um personagem diante de pessoas que esperam tanto de você; nasceram Love is Blindness e So Cruel, odes a um relacionamento recém terminado de alguém procurando o seu caminho, como The Edge estava naquele momento; Mysterious Ways ou Zoo Station, questionando escolhas e caminhos a serem seguidos, e One, a música que selou essa fase da carreira da banda. Somos um mas não somos os mesmos, era o momento de ver a banda, de ver a música como não um organismo só, mas forças colidindo como partículas de um átomo para gerar energia.

Image result for zoologischer garten berlin bahnhof 90s

A verdadeira Zoo Station no final dos anos 80.

E a cidade está ali, a Zoo Station remete a Zoologischer Garten, estação que marca um dos principais pontos da linha U2 (O U vem de U-Bahn, que são os trens subterrâneos que cruzam a cidade, a linha U2 tem mais de 20 quilômetros de extensão e passa por 29 estações) do metrô de Berlim, é a sua letra, o trem que faz do futuro o presente. 26 anos depois o U2 esteve na mesma linha, só que na Deutscher Opera Banhof  fazendo uma apresentação surpresa para os passageiros que utilizavam o transporte da cidade durante o período de lançamento de Songs of Experience. Sim, o U2 nunca abandonou Berlim e nem Berlim o abandonou.

U2: Bono und The Edge rocken in der Berliner U-Bahn

O sucessor de Achtung Baby, Zooropa, lançado em 1993, além de trazer as frases em alemão remetendo a marca de mesma nacionalidade, AUDI, traz como uma de suas faixas Stay (Faraway, So Close!), trilha do filme de mesmo nome, do consagrado diretor alemão Wim Wenders, uma continuação de um dos mais conhecidos e aclamados filmes que saíram daquelas terras: Asas do Desejo, de 1987. Os anjos do filme habitam os telhados de Berlim, vestindo sobretudo e cuidando do cotidiano dos seus habitantes, o ponto de encontro deles nas cenas do filme e que posteriormente foram reproduzidas no vídeo de divulgação da música dirigido por Wenders: a Coluna da Vitória ou Siegessäule. Related imageLocalizada no meio do maior parque de Berlim, o Tiegarten. Desenhada por Heinrich Strack, foi construída para comemorar a vitória da Prússia sobre a Dinamarca na guerra Prússia-Dinamarca de 1864. Em poucos anos a Prússia ganhou mais duas guerras, desta vez contra a Áustria, em 1866 e contra a França em 1870/1871. Estas últimas vitórias serviram de inspiração para adicionar ao topo da coluna a estátua de Vitória, a deusa romana da vitória. A estátua de bronze de Vitória foi desenhada por Friedrich Drake e tem 8,3 metros de altura e pesa 35 toneladas, sendo certamente um dos mais importantes cartões postais de Berlim. Além dela, os anjos de Wenders, interpretados no vídeo pela banda, circulam pelos ônibus e outros locais importantes da cidade.

Falando em vídeos, e voltando novamente ao álbum de 1991 e a música que talvez seja a sua mais conhecida – e que mais retrata o espírito do álbum, e como eles mesmo contam no documentário From the Sky Down, lançado para comemorar os 20 anos do disco em questão, a música que pode ser considerada a salvadora da banda: One. Com 3 clipes realizados, o primeiro dele é ambientado todo na mesma cidade em que a música foi gravada, ou seja, Berlim, com cenas no Hansa Studio, Estádio Olímpico e outros pontos da cidade. O destaque deste vídeo, dirigido pelo fotógrafo Anton Corbijn, além da presença de Bob Hewson, pai de Bono, é a Image result for u2 dragsaparição dos 4 membros da banda utilizando roupas femininas. Essa ousadia, inclusive, segundo a lenda, fez com o que trabalho fosse vetado pela gravadora deles e um outro vídeo fosse providenciado.

Na data que a queda do Muro completou 20 anos, a banda juntamente com o rapper Jay-Z esteve na frente do Portão de Bradenburgo, um marco da cidade, onde fizeram um show gratuito para milhares de pessoas. A transmissão foi feita pela MTV Europa e replicada para o mundo todo.

Image result for u2 brandenburg tor

Agora, Berlim e o U2 colidiram mais uma vez, meio que por acidente, no encerramento da eXPERIENCE+iNNOCENCE. Depois de passar pelo Canadá, Estados Unidos e Europa, com shows disputados desde maio deste ano de 2018, por um incidente chega aqui ao seu fim. Na Mercedes-Benz Arena em 02 de setembro, logo no início da apresentação, um pouco após a execução de Beautiful Day, a voz de Bono simplesmente deixou de existir. Sim, o nosso sempre tagarela vocalista não conseguiu. O show de Berlim acabou por ser remarcado para 13 de novembro e também “promovido” ao show de encerramento da turnê. Sendo assim o U2 deixa de se despedir desta turnê em Dublin para o fazê-lo em Berlim, com, de acordo com as mais recentes notícias, direito a registro para o DVD oficial da turnê.

Sem os muros erguidos e derrubados dentro da cidade, talvez a banda nem estivesse presente nos dias de hoje. Achtung Baby, atenção, cuidado, porque mais uma vez os novos caminhos da banda começam justamente onde já estiveram e foram feitos de maneiras misteriosas.


Compartilhar notícia

  • 58
  •  
  •  
avatar
  Inscrever-se  
Notificar-me de