Interpretação: Ultraviolet | U2 Brasil
11 de julho de 2008 · Interpretações
Interpretação: Ultraviolet
Postado por Suderland
ultraviolet

Não tenho como afirmar que o livro de Jó serviu de inspiração para o Bono, mas existe um versículo muito interessante que fala de uma ‘luz escura’, que é como é descrita a luz ultravioleta: “Terra escuríssima, como a própria escuridão, terra da sombra da morte e sem ordem alguma, e onde ‘a luz é como a escuridão’.” (Jó 10:22)…

UltraViolet (Light My Way)

Sometimes I feel like I don’t know [Às vezes me sinto como se não soubesse]
Sometimes I feel like checking out [Às vezes me sinto desistindo]
I wanna get it wrong [Eu quero cometer erros]
Can’t always be strong [Não posso ser sempre tão forte]
And love it won’t be long… [E o amor não vai durar muito…]

Por vezes, num relacionamento, um dos pares tem dúvidas quanto aos próprios desejos, fruto da excessiva cobrança, então começa-se a pensar em desistir de tudo. Começa-se a sentir vontade de se aventurar em caminhos incertos em busca de novos horizontes e possibilidades que muitas vezes se traduzem em erros, pois se está abandonando um amor por aventuras. E a pessoa sente vontade de resistir à essas pulsões e inicia-se um conflito interno onde a vítima pode ser o amor, posto que esse processo vai magoando e desgastando o casal.

Outro ponto de vista é que por vezes exigimos demais de nós mesmo. Exigimos muito de nós para atendermos as expectativas que os outros (o pai do Bono? Amigos? Esposa? Igreja moralista?) depositam em nós. E nessa tentativa de agradar o próximo acabamos por perder nossa identidade, nossa consciência saudável e fazemos até mesmo o que não queremos fazer. Assim, deixamos de fazer o que queremos para agradar outros e acaba-se vivendo uma vida que não é a nossa.

Só que isso não dura muito, pois assume-se um fardo que consciência nenhuma pode suportar. Ninguém consegue usar máscaras por muito tempo, daí a sensação de fraqueza. E quando o cansaço chega acontece o que o Bono descreveu no verso acima. A pessoa perde a identidade, não sabe mais quem ela é de fato. Sente vontade de desistir e até mesmo fazer o que ela tanto represou dentro de si. Daí a vontade de cometer erros, é uma forma de eliminar a máscara que ela não consegue mais usar. Ela não tem mais forças para viver a vida que os outros cobram. E tudo isso acaba sufocando o amor que todo ser humano carrega dentro de si. É nesse ponto que muitos se rebelam e cometem erros.

Oh sugar don’t you cry Oh child [Oh, meu bem não chore. Oh, criança]
Wipe the tears from your eyes [Enxugue as lágrimas dos seus olhos]
You know I need you to be strong [Sabe, eu preciso que você seja forte]
And the day is as dark as the night is long [E o dia é tão escuro como a noite é longa]
Fell like trash You make me feel clean [Me sinto um lixo. Você me faz sentir limpo]
I’m in the black Can’t see or been seen [Eu estou no escuro não posso ver ou ser visto]

Nessa verso alguém está chorando, talvez vítima das dores geradas no coração em conseqüência dos erros do parceiro. E como eles ainda se amam, o parceiro fica consternado e/ou se sentindo culpado ao ver seu amor chorando e lhe pede para ser forte, pois ele precisa do apoio dela para superar essa fase sombria na qual ele se encontra e que tanta angustia e dor gera. Por isso ele se sente um lixo, é a culpa de fazer o que não quer e ainda magoar o seu amor, mas paradoxalmente seu parceiro o faz se sentir melhor, pois no amor sincero não há culpas ou temor. Logo, estar com ele traz paz.

Sob uma perspectiva espiritual, aqui inicia-se um diálogo. As consequências do estado do verso anterior se instala na alma do personagem, por isso o choro e a sensação de que até mesmo a luz do dia é escura (luz ultravioleta) , assim como a noite é longa. Quando se está sofrendo por algo parece que as horas passam mais lentas, daí a sensação da noite ficar mais longa. E para completar esse panorama sombrio, o personagem narra que está numa escuridão tão grande que não consegue ver nem ser visto.

O mesmo aconteceu com o personagem Jó, que estava passando por um momento muito difícil quando disse: “Deitando-me a dormir, então digo: Quando me levantarei? Mas comprida é a noite, e farto-me de me revolver na cama até à alva.” (Jó 7:4) Algo semelhante à sensação descrita pelo Bono: “E o dia é tão escuro como a noite é longa”.

Mas no meio dessa escuridão uma voz terna aparece e procura ajudar pedindo que ele enxugue as lágrimas e seja forte. E essa voz o faz se sentir limpo. Livre do lixo das aparências e hipocrisias acumulado na sua alma.

Baby Baby Baby light my way [Baby baby baby ilumine meu caminho]

Sob um olhar espiritual, esse verso representaria um clamor para que Deus ilumine o caminho do personagem e afaste a escuridão instalada na sua alma angustiada. Assim, o Bono clamando para que seu caminho seja iluminado, no sentido de trazer alívio e entendimento da situação, para esse ser terno (Deus)!

Ou quem sabe, o Bono estaria fazendo um clamor para que a sua parceira o ajude a sair da sua escuridão existencial.

You bury your treasure [Você enterra seu tesouro]
Where it can’t be found [Onde não pode ser encontrado]
But your love is like a secret [Mas seu amor é como um segredo]
That’s been passed around [Que foi espalhado]

Os versos dessa estrofe falam de um tesouro que a personagem escondeu com todo o cuidado num lugar secreto para que não fosse roubado ou destruído. Mas o segredo foi descoberto e espalhado.

Sob uma ótica espiritual, entendo que esses versos querem dizer exatamente o que Jó disse no seguinte versículo: “Porque aquilo que temia me sobreveio; e o que receava me aconteceu. Nunca estive tranqüilo, nem sosseguei, nem repousei, mas veio sobre mim a perturbação.” (Jó 3:25-26). Ou seja, o que ele temia era perder o seu tesouro, e foi o que aconteceu. Às vezes, por temermos muito algo, acabamos criando inconscientemente uma situação propensa para que os nossos medos se concretizem, de uma forma ou de outra.

Do contrário, quando o ser humano permanece tranquilo, sem temor, com uma segurança fruto da fé, então a alma não fica cega e consegue antecipar-se e livrar-se dos males.

E como Jesus disse “Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.”(Mateus 6:21). E ao perder tudo isso ele ficou só na sua casa em meio ao silêncio lúgubre, mas sem conseguir dormir pois estava impressionado e tenso por tudo o que aconteceu.

There is a silence that comes to a house [Há um silêncio que cai numa casa]
Where no one can sleep [Onde ninguém pode dormir]
I guess it’s the price of love [Eu acho que é o preço do amor]
I know it’s not cheap [Eu sei que não é barato]

Os 4 últimos versos dessa estrofe falam justamente das consequências dos 4 primeiros versos. Após os conflitos, as tribulações, vêm aqueles momentos de silêncio como num campo de guerra, à noite, após uma intensa batalha. Mas ninguém consegue dormir por causa das feridas abertas, da dor, da tensão e da ânsia que atinge os envolvidos.

Quando o Bono escreveu “I guess it’s the price of love” eu me lembrei dos versos de “Walk On”: “And love is not the easy thing”. Amor requer renúncia de coisas que gostamos, compreensão sobre o que não gostamos e respeito ao próximo para aceitar as diferenças. Esse é o preço de se viver um amor verdadeiro.

I remember When we could sleep on stones [Eu me lembro De quando podíamos dormir sobre pedras]
Now we lie together In whispers and moans [Agora deitamos juntos Entre sussurros e gemidos]
When I was all messed up [Quando eu estava todo bagunçado]
And I heard opera in my head [E eu ouvia opera na minha cabeça]
Your love was like a light bulb Hanging over my bed [Seu amor foi como uma lâmpada Pendurada sobre minha cama]

Creio que esse verso tenta desenhar o que se passa na cabeça do Bono, no seu lar, quando ele está enfrentando um momento muito difícil. Após todos esses conflitos até o repouso é doloroso. A alma geme de angústia e a mente fica impregnada de imagens distorcidas, uma verdadeira bagunça. Mas o amor é a saída, uma luz que guia na escuridão.

O curioso é que no livro de Jó tem a seguinte passagem que contém uma metáfora semelhante a essa usada por Bono “Your love was like a light bulb Hanging over my bed”, veja: “Ah! quem me dera ser como eu fui nos meses passados, como nos dias em que Deus me guardava! Quando fazia resplandecer a sua lâmpada sobre a minha cabeça e quando eu pela sua luz caminhava pelas trevas” (Jó 29:2-3).

É isso pessoal, muito obrigado a quem chegou até aqui, espero que tenham gostado e fiquem à vontade para comentar, concordando ou não. A intenção é apenas compartilhar idéias.

Suderland Guimarães

Nota:

Reprodução proibida sem a autorização do autor.

Direitos gentilmente cedidos por Suderland Guimarães à U2 Brasil


Compartilhar notícia