TV australiana exibe reportagem do U2 com cenas do Brasil | U2 Brasil
26 de novembro de 2017 · The Joshua Tree Tour 2017 · U2 no Brasil
TV australiana exibe reportagem do U2 com cenas do Brasil
Postado por Rubens

Durante a passagem do U2 no Brasil, a jornalista australiana, Tara Brown, esteve em São Paulo para acompanhar os momentos finais da turnê comemorativa do álbum “Joshua Tree”. Nesta semana, o programa “60 Minutes Australia” exibiu a reportagem em que Brown entrevista os quatros membros e acompanha os bastidores da turnê.

O programa inicia com a famosa cena do Bono andando pelo lado de fora do Estádio do Morumbi autografando camisas, CD’s, pele e outros artigos, dos fãs brasileiros. Ao regressar para dentro do estádio com a jornalista o acompanhando, Bono diz “eles são sexy, um povo sexy”. Ao lado de The Edge, no hotel Tangará, em São Paulo, onde boa parta da entrevista ocorre, Bono diz que está muito empolgado com o lançamento do “Songs of Experience” e repete comentários sobre Donaldo Trump. “Tenho muito medo do que sai da boca da pessoa mais importante hoje da América”.

Larry Mullen e Adam também participam da entrevista, porém separados, e se dizem felizes com o atual estágio da banda. “Eu estou feliz e estou curtindo muito”, diz Larry quando é questionado se sair em turnês e lançar álbuns ainda o anima. Fundador da banda em 1976, Larry Mullen tece elogios à Bono ao dizer que desde a época de 70 ele já sentia que encontrara a pessoa ideal, por “ser barulhento e agressivo”.

De volta com Bono e Edge, Tara Brown questiona o vocalista sobre a questão da mortalidade, tanto dita nas recentes entrevistas. Bono diz que Ali Hewson, sua esposa, o aconselhou a buscar um hobby, ele então decidiu investir. “Mas ela disse que isso não era um hobby, então pensei em jogar golf, mas meu pai e o pai do Edge jogavam isso”, brinca Bono. Edge aproveita a brincadeira e diz que Bono seria um bom jogador de cartas. “Eu vejo você jogando Bridge [jogo famoso de cartas de baralho], eu acho que você se daria bem”.

Por fim, com cenas dos shows de São Paulo como pano de fundo, Larry e Adam encerram suas falas enaltecendo mais uma vez o amigo. “Você não conseguiria escrever aquelas coisas. Não mesmo! E eu estou vivendo isso. Toque aqui [ele mostra o braço], é de verdade, eu estou sentindo isso”. E Adam complementa. “Você não poderia viver numa banda sem um Bono, jamais”.

A reportagem tem 16 minutos e pode ser vista abaixo:


Compartilhar notícia