U2 recebe aval para construção de museu em Dublin | U2 Brasil
23 de janeiro de 2019 · Notícias
U2 recebe aval para construção de museu em Dublin
RômuloPostado por Rômulo

O U2 recebeu sinal verde do Conselho Municipal de Dublin para a construção do centro de visitantes planejado para as docas de Dublin, em Hanover Quay, que deverá atrair 390 mil fãs da banda anualmente.

O relatório afirma que o centro “irá melhorar um dos locais mais importantes da cidade” e contribuirá “para a animação da área” a partir “da construção de um edifício moderno inovador e marcante em um local urbano”.

Foto: ODAA

A proposta enfrentou fortes objeções locais, mas o relatório ressalta que a estrutura “não prejudicaria a comodidade da propriedade nas proximidades”.

Como parte das 19 condições associadas à concessão da construção, os requerentes Golden Golden Ltd da Paddy McKillen Snr e a MHEC Ltd do U2 devem pagar um total de €225.647 em contribuições para melhorar as infra-estruturas públicas e a linha do LUAS (bonde).

O Conselho da Cidade deu a permissão para que fosse reduzido significativamente a altura da estrutura planejada em resposta às sérias preocupações expressas pela Câmara Municipal em agosto passado. A altura inicialmente planejada de 14,4 m passou para 12,06 metros, o “máximo que pode ser reduzido enquanto se mantém a forma interna do edifício”.

Foto: ODAA

O “U2 Visitor and Exhibition Space” incluirá uma reconstrução do estúdio original da banda e várias áreas de exposições temáticas que incluem uma série de cenários abstratos, como “The Music Room” e “Larry’s Kitchen”.

Ainda, uma objeção apresentada em nome de 63 moradores de apartamentos próximos alegou que a estrutura iria interferir na incidência de luminosidade nos apartamentos.

No entanto, a mais recente submissão da ODAA, responsáveis pelo projeto, confirmou que uma análise de luz independente demonstrou conclusivamente que a redução na altura “elimina qualquer impacto potencial sobre a qualidade da luz natural que atinge os edifícios diretamente atrás ou quaisquer propriedades nas proximidades”.

No total, 12 objeções foram apresentadas contra a proposta, com sete argumentos a favor, incluindo os da Fáilte Ireland e Dublin Chamber.

Ainda não há previsão para o início das obras e abertura ao público.

Foto: ODAA

Fonte: Irish Times


Compartilhar notícia

  • 768
  • 5
  •  
avatar
  Inscrever-se  
Notificar-me de