Plano para construção do museu do U2 em Dublin é firmado | U2 Brasil
28 de junho de 2018 · Irlanda
Plano para construção do museu do U2 em Dublin é firmado
RubensPostado por Rubens

O longo plano de uma atração para os visitantes fãs de U2 nas docas de Dublin está a caminho. Planos foram firmados com a prefeitura de Dublin. O local é planejado na Hannover Quay, aonde a banda usou por muitos anos como seu próprio estúdio de gravação.

Em 2002, a localidade foi comprada numa ordem compulsória, quando a Autoridade de Desenvolvimento das Docas de Dublin (Dublin Docklands Development Authority  – DDDA) tinha planos de reestruturar a área. Com o negócio fechado, a banda se mudou para duas coberturas de um arranha-céus da cidade – no qual ironicamente acabou se tornando o ‘Prédio U2’ (U2 Tower).

Porém, com o colapso econômico irlandês, o grandioso plano da DDDA de revitalizar a área foi arquivado e o U2 foi deixado de escanteio, até 2014, quando a banda readquiriu o local, por um preço bem abaixo na época devido a deflação do momento.

Existem dúvidas se o novo plano de tornar o local uma atração para fãs do U2 será olhado de perto pelo departamento de planejamento da prefeitura de Dublin. No entanto, um dos órgãos independentes da cidade, que é responsável por decidir recursos e aplicações estratégicas para obras de infraestrutura em Dublin (An Bord Pleanála), já declarou oficialmente que o estúdio faz parte da cultura da cidade e deve ser celebrado com um novo lugar turístico inovador.

Que há necessidade de um museu do U2, ou uma atração para visitantes, não há dúvidas. Fãs de todas as partes do mundo vão para Dublin para vivenciar a experiência de estar na cidade em que a banda cresceu. Mas quando muitos chegam em Dublin, não há algo concreto de fato que pode ser ligado a história do U2.

Esta ausência é notável ao analisar as ofertas turísticas atuais pela cidade. Dado a importância da banda e das atividades turísticas, e o estado-da-arte que eles alcançam a cada produção, há pouca dúvida que a entrada do U2 neste tipo de projeto provavelmente será ambiciosa.

O grupo vem meticulosamente mantendo materiais guardados pelos últimos 20 anos ou mais, afirmando que há uma coleção valiosa – talvez incomparável entre as bandas de rock. Eles também têm o domínio da tecnologia, assim como conexões no topo da indústria audiovisual, sugerindo que há realmente uma atração especial para os visitantes.

A aplicação do plano foi firmada pela Golden Brook Limited and MHEC Ltd., e abrange uma área entre os números 15 a 18 na Hanover Quay. O prédio existente, aonde era o estúdio, será demolido. O total da área do novo empreendimento, caso proceda as informações do projeto de arquitetura apresentado, será de 2.684m³, no qual será uma estrutura de três andares sobre o porão. A edificação será chamada de “U2 Visitor and Exhibition Space”.

Entre as pequenas anotações, no qual sem dúvida alguma será um projeto de design espetacular, é que o espaço terá 28 locais para bicicletas. A banda tem uma parceria com a zona sul das docas, onde as fotos da capa do álbum ‘October’ foram tiradas, mais precisamente na área ‘Grand Canal Basin’ (em português, bacia do Grande Canal).

Ainda de acordo com o site da cidade, a planificação “envolve a demolição e substituição de um edifício existente de 2 andares (919m² de área útil), em uso como estúdio de gravação e ensaio e armazenamento em 15-18 Hanover Quay, Dublin 2. O novo edifício (com uma área de 2.684m²), no lugar do edifício existente, será uma estrutura de três andares acima do subsolo, (quatro andares no total), com 14,4 m de altura, para ser usada com o nome de “U2 Visitor and Exhibition Space”, aberto ao público, contendo uma reconstrução do estúdio original da banda, várias áreas de exposição, banheiros, café, merchandising e auditório. Além disso, a administração privada, o armazenamento, o arquivo, a instalação, o alojamento dos funcionários e as instalações (incluindo 28 espaços para bicicletas) também serão fornecidos em quatro andares. Os andares superiores do edifício terão um cantilever sobre o Grand Canal Dock ao lado, aonde é proposto uma fundição removível “fincada” numa profundidade de zero a no máximo 10 metros. O subsolo será protegido das paredes do cais por estacas secantes. Outros trabalhos incluirão drenagem associada, tanque de atenuação e todos os trabalhos de desenvolvimento dos lugares associados.”

+ Confira o nosso guia com os principais locais relacionados ao U2 em Dublin

Fonte: Hot Press


Compartilhar notícia

  • 960
  •  
  •  
avatar
2 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
LeonirSuely Barreto de Melo Recent comment authors
  Inscrever-se  
mais novos mais antigos mais votados
Notificar-me de
Suely Barreto de Melo
Visitante
Suely Barreto de Melo

Amei a notícia… Aguardamos ansiosos a conclusão do Museo U2.. Quero visitar .

Leonir
Visitante
Leonir

Merecida obra para uma banda excepcional como U2