October - O segundo ato | U2 Brasil
11 de Fevereiro de 2015 · Especial Álbuns
October – O segundo ato
VictorRuyzPostado por VictorRuyz

A turnê do álbum “Boy” durou até o começo de 1981, ocasionando shows em quadras universitárias de Norwich até Northampton, de Maschester até Glasgow, e então, na Europa. Antes de atravessarem o atlântico e irem para a América, voltaram para Londres para se apresentar em um programa de televisão, o Old Grey Whistle Test.

Antes mesmo do último show da turnê, em Hammersmith Palais, em Junho, eles aproveitaram a hospitalidade de Chris Blackwell’s – dono da Island Records -, e ficaram em Compass Point, enquanto gravavam uma nova canção. “Fire”. A música em questão demonstrava aquilo que viria com o segundo CD da banda.

“October”, serviu para mostrar que a banda não seria somente uma daquelas bandas de um único álbum impactante, e também lhes deu aquele prazer de trabalhar sob pressão. Bono acabou perdendo as letras das primeiras músicas e teve que reescrevê-las no estúdio mesmo, com o produtor Steve Lillywhite lá, pronto para a gravação.

“Fire” foi a festa, o tiro de largada, e causou certo barulho. A música foi o primeiro single na Irlanda, onde alcançou o Top 5, e deu ao U2, pela primeira vez, o gosto de estar no Top 40 do Reino Unido. Ficaram entre Elaine Paige e Eddy Grant.

Sete dias depois lançavam o segundo single, “Gloria”. O refrão em latin soava como um sinal da força que temas religiosos teriam no álbum, e também ficava clara a evolução que a banda conquistara em relação à parte instrumental. A tensão inata em “I Threw A Brick Through A Window” e a urgência em “Rejoice” mesclavam-se com a quase instrumental “Rejoice” e o piano emocionante na música que carrega o nome do álbum, “October”.

Enquanto “Boy” passou um tanto quanto despercebido para o público em geral do Reino Unido, alcançando a posição 52, “October” alcançou a posição 11, muito por causa da turnê Britânica que o U2 começou a fazer, antes mesmo que o CD chegasse às lojas. Após os shows na Europa, voltaram para os Estados Unidos, onde o álbum não alcançou uma posição tão boa nas paradas quanto o antecessor, ficando na posição 104. A banda ainda faria um especial de Natal tocando duas noites em Lyceum, em Londres, antes da segunda leg de shows na América, no começo de 1982 – onde viveriam um aperitivo do sucesso que estava para vir. A banda ainda voltaria para a Europa, onde se apresentariam em alguns festivais, encerrando a turnê.

Fonte: udiscovermusic.com


Compartilhar notícia

  •  
  •  
  •  

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificar-me de