Especial Boy 40: Os shows no Dandelion Market
Especial Boy 40: Os shows no Dandelion Market
12 de agosto de 2020
Especial Boy 40: Os shows no Dandelion Market
Dandelion, um mercado de compra e venda de mercadorias usadas em Dublin, se tornou palco para várias apresentações da jovem banda U2 no ano de 1979.
avatar.php?gravatar_id=93b7b6ac33c632fafc78fa7269b2ac59&default=
Mariana Souza
Newsposter do U2 Brasil

John Fisher e Eoin O’Shea, dois jovens empreendedores, vendiam produtos punk rock como camisetas, bottons e posters em uma barraca chamada Sticky Fingers no mercado Dandelion, em Dublin, no ano de 1979. Para alavancar suas vendas, os dois jovens decidiram criar um espaço para que bandas pudessem tocar e atrair mais clientes e fãs de música até o mercado. 

“Vimos que precisávamos de mais Punks, Mods e Rockers chegando, então decidimos usar a única área vaga no mercado - um galpão escuro e úmido fechado que abrigava a fonte de alimentação para todo o mercado. Nós o limpamos, lavamos as paredes e montamos um pequeno palco construído com sobras de engradados de cerveja, blocos de concreto e algumas folhas de aglomerado que compramos. O local agora estava pronto - agora só precisávamos de algumas bandas.” John Fisher

Dandelion.jpg

Assim que começaram os shows, o local ficou bastante conhecido e em um domingo dois garotos se aproximaram de John e se apresentaram como “U2”, eram Larry e Dave (The Edge). John já havia ouvido falar da banda e então marcou para que os garotos pudessem tocar no local logo na semana seguinte.  

Os shows no estacionamento do mercado se tornaram bastante populares e isso fez com que o U2 voltasse várias vezes ao local. No total, foram oito shows entre maio e dezembro de 1979.

"Era quase um cenário apocalíptico, um estacionamento de carros no porão de um distrito de Dublin do século dezoito, você realmente se sentia como se estivesse nas entranhas de algum buraco. O palco tinha que ser montado todo final de semana e nós trazíamos o PA e as luzes. O som não era tão ruim para o local." - Edge

u2dandelionsep1979.jpg

"Essas apresentações na hora do almoço eram fantásticas. Os ingressos eram muito baratos e sempre havia muita gente na cidade aos sábados à tarde com nada para fazer, e eles vinham em semanas sucessivas." - Adam Clayton

15-09-1979.jpgEm julho de 1979, cerca de 200 pessoas assistiram ao show da banda no Dandelion, mas The Edge não subiu ao palco (sendo a única apresentação que se tem informação que o guitarrista ficou de fora). Bono trabalhou na portaria para recolher o valor da entrada das pessoas (cinquenta centavos de libra), para depois poder subir ao palco com o U2. A banda The Strougers abriu o show naquela noite.

O guitarrista do Strougers, Peter McCluskey, relembra:

"The Edge ficou doente com suspeita de meningite e Bono tocou e cantou nas primeiras canções. Ele logo percebeu sua restrição ao instrumento e perguntou se havia alguém na plateia que pudesse tocar guitarra. Sem hesitação, Joe Savino colocou sua mão para cima e foi chamado por Bono. Ele subiu, pegou a guitarra e tocou algumas canções com o U2."

Uma gravação de um show de agosto de 1979 no Dandelion foi obtida pelo site ATU2, o que seria o registro mais antigo da banda. Dois trechos de "In Your Hand" e "Concentration Camp", canções inéditas, foram liberadas a partir dessa gravação.

dandelion_04.jpgJohn Fisher também comenta uma situação complicada, porém que chegou a ser engraçada e marcou sua memória em relação aos shows no Dandelion. 

“Lembro-me de uma vez que o U2 estava tocando e o responsável d iluminação não tinha aparecido. O termo "técnico de iluminação" não foi usado na época - eram apenas 3 holofotes em uma barra de cada lado do palco. Pediram-me para fazer o necessário e de repente me vi fazendo as luzes. Eu estava indo bem até que em uma música em particular, de alguma forma consegui apagar todas as luzes de um lado do palco mergulhando Adam na escuridão completa enquanto ao mesmo tempo quase queimava as íris de Edge com uma explosão de luz. Nem preciso dizer que não fui convidado para fazer as luzes em sua última turnê mundial, mas tudo valeu a pena!”

dandelion4-768x1024.jpgAtualmente, o mercado em si não existe mais. O fechamento foi anunciado pela primeira vez no final de 1980, e os proprietários das barracas foram notificados em janeiro de 1981 de que não seriam mais capazes de operar o centro comercial. O prédio foi demolido logo depois e o Green Shopping Center de St. Stephen foi construído no local. Uma placa informa os visitantes sobre a história do lugar e cita o U2.

Perdeu algum capítulo anterior do especial? Clique aqui!

Notícias relacionadas
SIGA O U2BR NAS REDES SOCIAIS


SIGA O U2BR NAS REDES SOCIAIS
parceiros
one.png anistia.png red.png nacione.png midiorama.png
apoio
universal.png
ouça a rádio oficial
radio.png
CONTRIBUA COM O NOSSO PROJETO. CLIQUE AQUI PARA SABER COMO.
© 2006-2021 U2 Brasil PROJETO GRÁFICO: NACIONE™ BRANDING Special thanks to Kurt Iswarienko and iinchicore (Photography)