Especial Boy 40: A primeira gravação
Especial Boy 40: A primeira gravação
14 de julho de 2020
Especial Boy 40: A primeira gravação
Primeira fita demo foi gravada no Keystone Studio em abril de 1978 e abrangeu músicas desconhecidas até hoje.
Marina
Newsposter e colunista do U2 Brasil

Como vimos nos capítulos anteriores, em março de 1978, após a saída de Dik Evans, a banda optou por trocar seu nome, de “The Hype” para "U2". Após, exatamente no Dia de São Patrício, o U2 venceu em um show de talentos, em Limerick, na Irlanda.

Como prêmio, £ 500 libras e a possibilidade de gravação de uma fita demo para a gravadora CBS  da Irlanda. Assim, o U2 gravou sua primeira fita demo no Keystone Studio em abril de 1978, em Dublin e com o prêmio em dinheiro, como disse Bono após o anúncio da vitória, puderam investir em equipamentos e em um meio de transporte para a banda.

Em tempos de streaming e de álbuns disponibilizados virtualmente através de plataformas especializadas em música, é preciso compreender, primeiramente, a importância do prêmio consistente na possibilidade de gravar uma fita demo em estúdio, naqueles idos de 1978 - talvez mais importante que o prêmio em dinheiro, inclusive. A fita demo funcionava como uma proposta da banda sobre seu trabalho e/ou sobre o que poderia se tornar um álbum completo do artista. Assim, a "fita demo" era uma importante amostra do trabalho profissional da banda, para ser apresentado às gravadoras – que avaliavam os materiais recebidos e, se aprovados, geravam contatos aos artistas para gravação.

O teor dessa primeira sessão de gravação permaneceu durante muito tempo fora do alcance do público e dos fãs. De acordo com Adam, “essa era a nossa primeira vez em um estúdio" e, portanto, foi a sua estreia como primeiro produtor da banda. A gravação contou com a participação de um dos juízes no concurso de talentos de Limerick, Jackie Hayden: "ele nos disse para nos posicionarmos como se fosse para um show ao vivo e tocar o set. Tudo foi feito em dois canais. Ele pensou que era uma boa maneira para fazermos uma demo. Então ele pegou as fitas e partiu para Londres para tentar convencer alguém a assinar conosco, mas eles riram. As fitas eram horríveis. Nós não sabíamos disso na época, já que não tínhamos nada para comparar com aquilo.”

Hayden não discorda: "Afinal", ele disse, "foi a primeira gravação da banda, eles estavam extremamente nervosos e ninguém esperava milagres".

Dentre as canções conhecidas dessa fita, estão:

HANG UP: um sofrimento pueril em que Bono suplica ao telefone a uma futura ex-namorada que não desligue (hang up / time is a cure / time can be found). 

STREET MISSIONS: nesse momento, a canção apareceu bem tímida e veio a ser melhor trabalhada posteriormente, na segunda oportunidade da banda de realizar uma gravação, em novembro desse mesmo ano de 1978.

CONCENTRATION CAMP: a música passou a ser um dos destaques do set ao vivo do U2 em 1979, quando eles estavam próximos de conseguir o seu contrato de gravação. O tema é vago, com referência aos “dias na escola”.

INSIDE OUT: a canção versa sobre o sentimento de estar “de dentro para fora” no mundo moderno.

BORN IN THE BACK IN THE STREETS: é uma canção incompleta, com letra que não faz muito sentido e que não voltou a ser trabalhada posteriormente pela banda. Bono admite que à época: “eu nunca escrevia letras até o último minuto porque eu estava constantemente escrevendo enquanto trabalhávamos as músicas. Elas eram construídas subconscientemente porque eu acho que posso escrever exatamente o que eu quero subconscientemente, melhor do que qualquer coisa que faça parado, sentando e tentando. Quando a música estiver completa – e a ideia é certa – então eu organizo as letras”.

NIGHT FRIGHT: uma canção que é musicalmente semelhante a anterior. Nela, Bono canta sobre a noite esperando por mim (waiting for me), sobre sentir-se livre (feeling free) e não ir para casa (coming home).

NEON HEART: trata-se, na verdade de uma versão da banda para a música Neon Heart do Boomtown Rats, que era tocada durante as apresentações ao vivo realizada pela banda na época. De acordo com Bono, “a razão principal pela escolha de Neon Heart não era porque o os Rats fossem uma influência para a banda, mas sim porque ela era fácil de ser tocada. É uma música inacreditavelmente fácil de ser feita”.

2-4-6-8 MOTORWAY: essa música de The Tom Robinson Band era uma outra faixa que fazia parte do repertório do U2 desde os seus primeiros dias juntos.

Havia, ainda, na fita demo de abril de 1978 duas músicas que até hoje remanescem com título desconhecido: uma delas, possivelmente intitulada de SHE'S MY GIRL, que tem como mérito apresentar Adam no seu inconfundível estilo dos early days. Ela também possui um solo de Edge no estilo de rock de garagem. A outra canção de nome desconhecido é uma mistura lenta com ecos vagos de Shadows and Tall Trees que iria aparecer no álbum de estreia da banda: Boy, em 1980. O tema também é dominado pela descrição da vida nas ruas da cidade de Dublin.

O U2 voltou a entrar em estúdio com novas faixas e aprimoramento de algumas dessa primeira fita demo, em novembro de 1978 – mas isso é assunto para um outro capítulo do nosso especial! Continue acompanhando para desbravar conosco o início da trajetória da banda.

Quer conferir capítulos anteriores do especial? Clique aqui!

Notícias relacionadas
SIGA O U2BR NAS REDES SOCIAIS


SIGA O U2BR NAS REDES SOCIAIS
parceiros
apoio
ouça a rádio oficial
CONTRIBUA COM O NOSSO PROJETO. CLIQUE AQUI PARA SABER COMO.
© 2006-2022 U2 Brasil PROJETO GRÁFICO: NACIONE™ BRANDING Special thanks to Kurt Iswarienko and iinchicore (Photography)