Especial Boy 40: A turnê 11 O’Clock Tick Tock
Especial Boy 40: A turnê 11 O’Clock Tick Tock
01 de outubro de 2020
Especial Boy 40: A turnê 11 O’Clock Tick Tock
Por três meses, o U2 rodou a Irlanda e Inglaterra em uma van para promover o single “11 O’Clock Tick Tock”.
avatar.php?gravatar_id=e4bbbbe064f50817d2fe3de8b0906e21&default=
Rubens
Newsposter e colunista do U2 Brasil

oclock.png

Em 1980, antes do álbum Boy ser lançado, o U2 preparou a turnê “11 O´Clock Tick Tock”, de maio a julho, com shows somente na Irlanda e Inglaterra. Foram 27 shows ininterruptos, da qual a banda considera como a segunda turnê da carreira, sendo a “U2-3 Tour” a primeira de todas. Todo o frisson em volta desta turnê era porque “11 O´Clock Tick Tock” seria o primeiro single a ser lançado pela banda com a Island Records. A canção tinha sido produzida por Martin Hannett, conhecido por trabalhar com Joy Division.

A gravação da música foi o primeiro ato com a gravadora britânica, que surgiu na vida da banda nos "último minuto antes do arremesso da última cesta", como disse Bono no livro U2 by U2. O grupo tinha passado por algumas rejeições de gravadoras e não enxergavam mais esperanças. The Edge teve que vender uma de suas guitarras para pagar uma passagem de retorno de Londres à Dublin. Como último suspiro, o grupo apostou na mídia irlandesa para chamar atenção de outras gravadoras e do público. Como foi contado no episódio anterior, a cartada de realizar o famoso show no National Stadium, em Dublin, trouxe Nick Stewart para a vida da banda, o que possibilitou, então, a assinatura de contrato com a Island Records e, posteriormente, a gravação de um single, como "11 O´Clock Tick Tock".

u2-pic-mike-laye-the face-1980

11tour.png

Com a música já tendo data de lançamento oficial, a turnê foi planejada para rodar os dois países, e o grupo pensou em um repertório que já com músicas que fariam parte do “Boy” meses depois, e outras que quase ninguém ouviu até hoje, como “The Speed of Life”, “Life On A Distant Planet”, “The Dream Is Over”, “Cartoon World”, “Things To Make And Do”, “Pete The Chop”, entre outras.

Nesta época, Paul McGuinness, recém empresário do grupo, convenceu a banda de comprar uma van, e eles percorreram a Irlanda e Inglaterra neste veículo pelos três meses. Bono conta, no livro U2 by U2, que eles dormiam na van na volta dos shows, para economizar com hotéis:

"Tinha um estofado castanho, que eu passava várias horas olhando. Em vez de ficarmos em Manchester, Birmingham ou Liverpool depois dos shows, fazíamos a viagem de volta e guardávamos o dinheiro que iria ser gasto com hotéis para ir, uma vez por semana, comer em um bom restaurante".

Todos eles, durante este período, moravam em um local alugado em Londres, de frente com o Hyde Park. O objetivo era economizar o máximo possível para que pudesse ser investido no futuro com equipamentos de som.

1-15915377043826-size3.jpgEsta turnê trouxe mais peculiaridades, como os shows de Bristol, no sudoeste da Inglaterra, e em Birmingham, no centro-oeste inglês – 2ª maior cidade inglesa, atrás somente de Londres - aonde a banda fez shows para 50 pessoas e 30 pessoas, respectivamente, devido as greves de motoristas de ônibus das duas cidades, o que fez com que os públicos não tivessem opção para chegar aos shows. Algumas bandas fizeram parte destas primeiras andanças do grupo na turnê, como Fashion, Sting Rays e The Eletric Guitars, todas eram bandas de abertura do U2 naquela época.

Já na “11 O´Clock Tick Tock Tour”, o U2 finalmente estava se projetando fora da Irlanda. Há, inclusive, relatos de que em um show feito no Moonlight Club em Londres, aproximadamente 200 fãs foram impedidos de entrar ao local por não terem ingressos.

Larry, também no livro U2 by U2, recorda, de maneira engraçada, como eram as noites daquela turnê fatídica entre Irlanda e Inglaterra por somente três meses:

"A gota d’água foi quando dormi em uns lençóis de nylon cheios de buracos. Estava na hora de comprar um saco de dormir. Se este era o encantador estilo de vida do Rock’n’roll que me haviam prometido, então quero o meu dinheiro de volta. Às vezes, chegávamos ao palco completamente quebrados. Para mim o fato de andar sempre em viagens de um lado para o outro e a convivência o dia todo era a pior parte".

Em 13 de julho de 1980, o U2 encerrou a turnê no Marquee Club*, em Londres, tocando 9 músicas:

1. 11 O'Clock Tick Tock
2. The Speed of Life
3. An Cat Dubh / Into the Heart
4. Pete the Chop
5. The Electric Co.
6. Things To Make And Do
7. Stories for Boys
8. I Will Follow
9. 11 O'Clock Tick Tock

Semanas depois, a banda entraria em estúdio para gravar o primeiro álbum oficial, "Boy", mas isso é história para o próximo capítulo.

Perdeu algum capítulo? Clique aqui.

Notícias relacionadas
SIGA O U2BR NAS REDES SOCIAIS


SIGA O U2BR NAS REDES SOCIAIS
parceiros
one.png anistia.png red.png nacione.png midiorama.png
apoio
universal.png
ouça a rádio oficial
radio.png
CONTRIBUA COM O NOSSO PROJETO. CLIQUE AQUI PARA SABER COMO.
© 2006-2021 U2 Brasil PROJETO GRÁFICO: NACIONE™ BRANDING Special thanks to Kurt Iswarienko and iinchicore (Photography)